A “Morte” no Tarot

Acho que um dos aprendizados mais interessantes quando tive um brevemente conhecimento sobre o tarot, foi enxergar a morte de outra forma. Diferente do conceito comum que conhecemos da palavra, a morte sempre é vista como o fim absoluto. O encerramento pra sempre de algo. Mas no tarot a morte é interpretada como o RenascimentoContinuar lendo “A “Morte” no Tarot”

Cap. 9 – Nosso livro escrito pela metade

Prosaico 19 de março de 2021. 22:16. engavetado. No início as palavras saiam mais facilmente. Por horas e horas escrevemos os primeiros parágrafos tendo o céu amanhecendo como companhia. O enredo falava sobre a vida com seus altos e baixos. Citações de presente, passado, ideias de futuro, verdades, desabafos, lembranças, gostos, opiniões, revoltas, risadas, desejo,Continuar lendo “Cap. 9 – Nosso livro escrito pela metade”

Tá tudo chato!

Se em alguma vez na existência da humanidade os profissionais do meio tecnológico previu um futuro digital que viveremos por telas e universos paralelos virtual… Parem as máquinas!! abortar missão!! Cancelem essa ideia por favor. Eu não aguento mais viver meus dias pelas telas. Trabalhar, socializar, se relacionar e entretenimento eram coisas que fazíamos foraContinuar lendo “Tá tudo chato!”

O tempo como oceano

Quando uma vida é excessivamente controlada, cada vez há menos vida a controlar. Clarissa Pinkola Estés ⠀O tempo pode ser consultado. Pode ser organizado em um lista. Pode ser marcado. Mas o tempo não pode ser adivinhado. Não pode ser previsto. O que vai acontecer depende de diversos fatores. Alguns desses fatores podem ser influenciadosContinuar lendo “O tempo como oceano”

Inveja: paranoia ou ego?

⠀O quão medíocre é a vida de quem deseja a inveja dos outros? ⠀Vejo como é decorrente no meio em que vivo, uma necessidade nas pessoas em atrair e atiçar a inveja dos outros. E o curioso, basicamente todos são assim porque também tem inveja da vida de outras pessoas, e por isso tentam copiarContinuar lendo “Inveja: paranoia ou ego?”

Cap. 1 – Eu só quero dizer uma coisa

Capítulo 1, 06 de Janeiro de 2021. 02:15, cansada. Detesto depender das redes sociais e não poder me desapegar delas totalmente. Acabei criando um desejo pessoal de poder me desligar das redes sociais por tempo indeterminado. Mas não posso pois dependo delas… literalmente. Meu trabalho é nas redes sociais. Aparentemente, estar nesse universo paralelo deContinuar lendo “Cap. 1 – Eu só quero dizer uma coisa”