Inveja: paranoia ou ego?

⠀O quão medíocre é a vida de quem deseja a inveja dos outros?

⠀Vejo como é decorrente no meio em que vivo, uma necessidade nas pessoas em atrair e atiçar a inveja dos outros. E o curioso, basicamente todos são assim porque também tem inveja da vida de outras pessoas, e por isso tentam copiar nas roupas, fotos e estilo de vida. E assim tentar de alguma forma se colocar naquele mundo que não é dele. Querem a todo custo se ver no lugar da pessoa que inveja.

⠀A pessoa entra numa bolha de vida igual ao de várias pessoas que podemos encontrar facilmente em qualquer esquina. É comum começar ver essa pessoa adotando uma postura de querer criar inveja nos outros, e sentir prazer nisso. Seja nos lugares onde vai, no restaurante que come ou nas roupas caras que usa (que vale ressaltar, é comprado pensando no os outros vão achar), tudo é pensado previamente. E claro, tudo é registrado pra ser postado nas redes sociais com alguma hashtag com palavras clichés ou com Deus no meio.

⠀Além disso, até os problemas na vida da pessoa passam a ser por causa da inveja. Segundo as vozes da cabeça dela, claro. “Ain minha vida não vai pra frente! deve ser por causa desse povo invejoso. E sabe, acho que deve ser o fulano. Tenho reparado na forma como ele olha pra mim”.

⠀É incrível né? Como algumas pessoas necessitam ser o centro do universo. De achar que o mundo conspira contra ela. Que nada dá certo, não por erros dela, mas por influências energéticas de outras pessoas. O ego cresce tanto, que chega num ponto que a empatia é quase engolida. Pessoas assim dificilmente conseguem se por no lugar do outro. Elas sempre arrumam uma forma de pôr a vida delas em questão nas conversas. Tudo é uma competição por atenção. “Você está sofrendo? Ah que triste… mas olha aqui pra minha vida como é difícil”. Dez minutos depois a pessoa posta uma foto no instagram ou facebook dando ênfase em alguma coisa ou lugar que seja o alvo para atrair a inveja. Na legenda: “tudo posso naquele que me fortalece 🍃”.


⠀É uma questão um pouco complicada, muito provavelmente uma terapia ajudasse. E sim, esse texto está sendo um tipo de julgamento sim. Não sei como tocar nesse assunto sem que ele acabe virando um julgamento. Porém, a questão que eu realmente queria levantar sobre isso é:

Em que momento atrair inveja se tornou algo legal?

⠀Não sei vocês, mas eu nunca vi a inveja como algo bom. Pelo contrário, já fui alvo de pessoas que me sabotaram ou jogaram uma praga de mal olhado tão forte que me fez acordar num dia derrubada, como se um caminhão tivesse passado por cima de mim. E o curioso nisso é que em nenhum momento eu suspeitei que fosse inveja. Eu achava estranho e não entendia o motivo que fez essas pessoas agirem dessa forma. Comentei sobre esses acontecimentos com alguns amigos e alguns levantaram essa questão “será que não é inveja?”. Sinceramente, pra mim foi uma surpresa pensar nessa possibilidade. Pois nunca me vi nesse lugar em que as pessoas poderiam sentir inveja da forma como vivo. Das coisas que faço ou dos meus gostos.

⠀Já estou tão acostumada em associar inveja em poder aquisitivo, que não fiz essa ligação. E até hoje eu juro que ainda não entendo qual foi o gatilho que ativou essa inveja. Porque eu não sou rica e nem tenho nada de grande valor pra exibir por aí. Talvez eu nunca encontre a resposta. Mas no meio disso tudo o que me fez acreditar que foi isso, foi analisar e perceber que eles faziam parte desse mesmo grupo que vive a vida pela opinião e inveja dos outros. Eles tinham o perfil de “vida perfeita” nas redes sociais e as frases prontas na legenda.


⠀Essa questão que levantei aqui meio sem pretensão, acaba que não tem uma conclusão. Acho que só deixei em aberto mesmo essa coisa de verem a inveja como algo legal. Parece que vem se tornando mais raro as pessoas viverem seguindo aquilo que elas gostam. Mostrando a própria personalidade, e não tentando copiar a do outro. As vezes parece para mim que quanto mais o tempo passa, mais as pessoas estão virando clones das outras. Todas parecidas.

⠀Deixa até a entender de que ser você de verdade para os outros se tornou um ato de coragem. Pois sabemos que independente de como vivemos, todos estamos sujeitos a críticas alheias e julgamentos. E receber esses tipos de ataques, para algumas pessoas deve mais fácil que seja na máscara que elas usam do que naquilo que são de verdade.

Mas me diga você, a inveja é um paranoia ou uma questão de ego?

1 Comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s