Cap. 4 – Me rasgando o peito

Prosaico

Capítulo 4 – 15 de Janeiro de 2021. 15:58. Confusão.

Você está me rasgando o peito. Está me destruindo de dentro pra fora. Estou me vendo lutar contra eu mesma. Estou quase fora de controle.

Todas as noite reflito. Chego na conclusão. Quando o dia seguinte surge e você aparece, toda reflexão perde a razão. Toda decisão é posta em dúvida. Nada é mais concreto. Nada é controlável. E é aí que mora o perigo. Perder o controle é meu maior medo. Isso está virando um tipo de instinto.


Foto por Pixabay em Pexels.com

Minha intuição dificilmente erra, e ela é muito clara pra mim. “Isso não vai dar certo”. Mas você não está nem aí pra isso. Só pensa em me rasgar o peito. Arrancar algo aqui de dentro. E eu, o que faço?

Vivo pensando no que falar e logo depois me pergunto porque não falo normalmente. Puro conflito. Eu nego o que está querendo surgir porque minha intuição quase nunca erra. Ela só diz: “isso não vai dar certo”.


Você não vai desistir.
E eu não sei até quando vou resistir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s