📚RESENHA | Doutor Sono

“Tudo o que vemos ou parecemos não passa de um sonho, dentro de um sonho.”

Stephen King

⌕ · Bem vindeㅤ✦ㅤBlog Bonina Citou 
⊰ Resenha escrita por Joss ‹

(💤)

Doutor Sono, a continuação de “O iluminado”, que curiosamente não te causa sono. O sucesso foi tamanho, que após as resoluções finais de Jack e os seus amigos do Hotel Overlook, os fãs de King queriam saber o que aconteceu com Danny e sua mãe. E como o mestre parece ter uma máquina de escrever histórias dentro de sua mente, não descartou essa possibilidade…

Cerca de trinta anos depois, Danny cresceu, não é mais um garotinho, agora ele se chama Dan Torrance. Foi o seu bom amigo Dick, que o ensinou a engavetar/aprisionar os fantasmas que o perseguiam, dentro de sua própria mente. Danny, teve que lidar com essas coisas antes de se tornar um adulto, entretanto a sua iluminação ainda era muito forte, quase como um fardo pesado demais para se levar. Por essa razão, Dan entrou em um caminho que jamais pensou que iria trilhar, ele começara a experimentar a coisa ruim, a coisa ruim que deixava seu pai louco, o fazia ser violento, e agora ele também era. Um alcoólatra. Tal pai, tal filho.

.ㅤㅤㅤ.ㅤㅤㅤ.ㅤㅤㅤ.ㅤㅤㅤ.ㅤㅤㅤ.ㅤㅤㅤ.

A história estava se repetindo diante do leitor, só que agora não existia mais o Overlook, nem Jack, nem Wendy, nem Dick. Todos se foram. Menos a sua iluminação. E graças a ela, ele vai parar em uma cidade de New Hampshire. Nela, ele encontra apoio em um grupo de AA – Alcoólicos Anônimos, já mostrando a clara diferença entre ele e o seu pai. Reflete diretamente em um novo Stephen King, pois quando este escreveu o Iluminado estava passando pelo momento mais sombrio da sua vida, Jack Torrance é o reflexo de um King alcoólatra e viciado em drogas. E agora Dan Torrance adulto e no AA, é um King que venceu as duras batalhas para a sobriedade. De modo que Stephen King, usa a sua escrita como um espelho dentro de um aquário, revela a realidade mesmo que esteja um pouco distorcida.

Em New Hampshire, com novos amigos, e um emprego muito incomum, para uma pessoa nada comum. Ele é conhecido como Doutor Sono; sendo um técnico de Enfermagem com poderes psíquicos. O que se pode esperar? Doutor Sono trabalha em uma casa de repouso, ironicamente para idosos. Quando criança seus pais o chamavam de “velhinho”” exatamente como Pernalonga dizia “O que que há velhinho?””. Com as suas habilidades psíquicas, e com auxílio de Azzie um gato sensível a morte, o Doutor Sono ajuda os idosos com doenças terminais a fazerem a passagem para o outro lado.

.ㅤㅤㅤ.ㅤㅤㅤ.ㅤㅤㅤ.ㅤㅤㅤ.ㅤㅤㅤ.ㅤㅤㅤ.


Nesse meio tempo; alguém com a Iluminação interior começa a conversar com Dan através de um quadro-negro. Abra, uma garotinha que nasceu com poderes psíquicos exatamente como o Danny, contudo, muito mais poderosa. Quanto mais forte uma Iluminação for, mais “vapor””, essência do poder, ela terá dentro de si. Por causa desse vapor imenso de Abra, O Verdadeiro Nó, um grupo de viajantes que se alimentam do vapor de criancinhas, para se tornarem imortais, desejam sedentos pela garotinha dentro de suas entranhas. O Doutor Sono, agora precisa proteger a menina, como um mestre que encontra seu discípulo na jornada. Ele terá que enfrentar os fantasmas do passado e sobreviver a um novo monstro, Rose a cartola.

.ㅤㅤㅤ.ㅤㅤㅤ.ㅤㅤㅤ.ㅤㅤㅤ.ㅤㅤㅤ.ㅤㅤㅤ.

Sem grandes spoilers, King surpreende várias vezes durante a leitura da obra, principalmente no desfecho final. O livro tem algumas pegadas de terror, sendo muito mais recheado de fantasia, o que é um estilo não muito usual do mestre, ele mesmo revelou que estava inseguro quanto a escrever o livro. Todavia, como sempre King escreve absurdamente bem, fecha todas as pontas soltas e inclusive ainda dá uma nova visão ao seu livro anterior. O único defeito realmente válido é na construção da personagem de Rose, como vilã, ela ficou muito a desejar, se você pensar que ela é a verdadeira vilã. Porém de fato não era, o tema principal do livro é sobre o alcoolismo, e os fantasmas do passado, estes eram os antagonistas que deixava tensa a narrativa.

Logo lendo Doutor Sono aprende-se lições valiosas, como a importância de enfrentar o seu passado; pois a vida é como disco que gira e volta ao início, de amar as pessoas com os seus lados bons e ruins, lutar por aquilo que é justo com toda a coragem e de admitir os erros, mesmo que pareçam grandes e insuportáveis demais, eles são apenas erros.

A V A L I A Ç Ã O ⊹

Autor: Stephen King
Gênero: Romance de terror
Data de publicação:  2013
Prêmio Bram Stoker de Romance
Nota: 9/10

Avaliação: 4.5 de 5.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s