Perfeccionismo é qualidade? . . .

# Bem-vindo ao meu post,
⌕ · blog por: Elly Melo

                                           ۫ ◌    ˖

                                                                   .  ◦۪

.⠀.⠀.⠀.⠀.⠀.

.⠀⠀⠀•⠀⠀°⠀⠀.⠀•⠀⠀.⠀°⠀⠀.⠀⠀°

Olá…

Esse texto é o primeiro post oficial que irei postar aqui no blog. Não é recente, ele foi escrito no dia vinte de outubro do ano passado. Eu tinha postado ele em outra plataforma mas decidi repostar aqui para deixar guardado como uma foto que guardamos de recordação. Mas antes de tudo, vou dar uma breve introdução sobre o post.

Como o título mesmo diz, vim falar sobre o perfeccionismo e de como isso nem sempre pode ser considerado uma qualidade, principalmente quando começa atrapalha sua vida.

.⠀.⠀.⠀.⠀.⠀.

.⠀⠀⠀•⠀⠀°⠀⠀.⠀•⠀⠀.⠀°⠀⠀.⠀⠀°

Definição

“Perfeccionismo é uma ambição irracional de querer que alguma coisa fique perfeita. Acontece quando estamos trabalhando em algo e, por melhor que esteja, não conseguimos dá-lo por concluído pois nunca achamos que está bom o suficiente.

O perfeccionismo é ser demasiadamente duro consigo mesmo. É quase que um *autoflagelo”

Autoflagelo: autoflagelação é o ato de causar flagelo (dor) a si mesmo, de se castigar fisicamente.

○                      ۫ ◌    ˖

.⠀.⠀.⠀.⠀.⠀.

.⠀⠀⠀•⠀⠀°⠀⠀.⠀•⠀⠀.⠀°⠀⠀.⠀⠀°

Qualidade? ❞

Particularmente sempre fui muito perfeccionista. Não lembro quando isso começou surgir em mim, só sei que sempre arrumava os quadros tortos em qualquer lugar que eu passava. E o perfeccionismo é mais que organização ou assimetria, também é sobre comportamento. E socialmente a perfeição sempre foi vista como uma qualidade, algo pra colocar no currículo como uma coisa positiva. Mas ser perfeccionista é algo bom?

Para quem não sabe, o perfeccionismo pode ser um grande causador da ansiedade. Quase todas as pessoas que são muito perfeccionistas tendem a desenvolver ansiedade, e isso está muito ligado ao fato de você se preocupar demais se foi bem em algo que você fez (passado) ou/e se preocupar se foi bem no que ainda vai fazer (futuro). E querer a perfeição em ambos os casos. Mas o que a gente muitas vezes não percebe, é que o perfeccionismo só nos atrasa. Uma coisa que poderíamos fazer em 30 minutos, demoramos por volta de 2 horas pois queremos que fique perfeito aos nossos olhos.

E acho importante salientar “aos nossos olhos”, pois nem sempre o que é perfeito para você, é perfeito pra mim ou pra quer outra pessoa. A “perfeição” é algo criado por seja lá quem for. E a perfeição está sempre ligada a um padrão, seja de beleza, de vida, de estilo, de criatividade e até mesmo na arte… mas a perfeição na arte só existia na época renascentista, hoje a arte pode ser um chuveiro no meio de uma sala. Não existe regra, padrão e estilo definido. E eu acho que nós deveríamos ser e aprender mais com a arte.

○                      ۫ ◌    ˖

.⠀.⠀.⠀.⠀.⠀.

.⠀⠀⠀•⠀⠀°⠀⠀.⠀•⠀⠀.⠀°⠀⠀.⠀⠀°

O que pode fazer surgir o perfeccionismo?

E o perfeccionismo muitas vezes está ligado a uma insegurança e medo do julgamento das pessoas. Acreditamos que se formos perfeitos não seremos julgados, criticados, apontados e nunca vamos errar, logo, também não vamos ficar com dor de cabeça sobre nada… mas será que é assim mesmo? Hm, acredito que não.

Não importa, você pode ter feito o post mais perfeito da sua vida, mas sempre vai ter, pelo menos, uma pessoa que não vai gostar, e sabe por quê? Porque essa pessoa tem um outro padrão de “perfeição”, ou melhor dizendo, GOSTO.

Quando dizem que perfeição não existe, não é só pra ser cliché, é pra deixar claro mesmo de que não existe forma de agradar todos. E quanto mais a gente demorar pra entender isso, mais o perfeccionismo vai atrasar a nossa vida.

○                      ۫ ◌    ˖

.⠀.⠀.⠀.⠀.⠀.

.⠀⠀⠀•⠀⠀°⠀⠀.⠀•⠀⠀.⠀°⠀⠀.⠀⠀°

Como diminuir meu perfeccionismo?

Depois que eu comecei a ler o livro da Brené Brown “A coragem de ser imperfeito”, meu cérebro explodiu. Abri os olhos para muita coisa e estou me desafiando a me permitir ser mais vulnerável. Pois o perfeccionismo, é também um escudo que fazemos exatamente por estarmos inseguros. Então posso dar algumas dicas que tenho feito e vem ajudado, não é algo imediato mas aos pouquinhos vai dando resultado.

• Se permita ser vulnerável:

Ser perfeito não vai te privar de não ser julgado ou criticado, então se permita “errar”. Comece a não dar importância ao que criticam ou dizem, pois comentários negativos acontecerá mesmo se você estiver sendo perfeito, ou seja, dá no mesmo. A diferença é que você se permitindo ser venerável, vai te deixar mais exposto e depois que se acostumar com que é impossível agrada todos, consequentemente se tornará mais forte emocionalmente. Como diz aquele ditado: “É errando que se aprende”.

• Ser vulnerável não é ser fraco:

Vulnerabilidade está sempre muito ligada à fraqueza né? Só que não. A partir do momento que você é vulnerável pra desabafar algo pessoal ou mostrar quem você é, você está aceitando as pessoas a entrarem na sua vida, conhecer quem você é de verdade e aceitar você do jeito que é, e esse ato de se aceitar e deixar que os outros te conheçam é uma atitude muito corajosa. E mesmo o seu jeito não agradando algumas pessoas, tudo bem, já será uma forma de seleção natural pra saber quem realmente gosta de você e quer ficar ao seu lado.

• Dê 80%:

Eu sei que você quer dar seus 100%, mas vamos fazer um teste, e invés de dar 100% me dê 80% de tudo que você pensar em fazer de forma perfeita. Essa tática é ajudar você a dar o seu melhor em 80%, e não em 100%. Essa é uma ótima chance de você enxergar que mesmo não estando “perfeito”, os seus 80% na verdade é mais que o suficiente. Seja num trabalho escolar, num post, numa organização ou até mesmo cozinhando e por aí vai.

Não se cobre tanto!

Você é suficiente mesmo não sendo 100%

.⠀.⠀.⠀.⠀.⠀.

.⠀⠀⠀•⠀⠀°⠀⠀.⠀•⠀⠀.⠀°⠀⠀.⠀⠀°

End

Eu comecei esse post com intuito de ser curto, mas não deu certokkkk. Mas de qualquer forma fico grata por quem leu até aqui. Espero que o post ajude pelo menor 0,1% que seja, e pra quem ficou curioso sobre o livro citado, clique aqui para baixar em PDF.

• Capa: me

• Divisórias: pinterest/Aepool

Au revoir

~ Elly

1 Comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s